Artistas S/A

Próximos Eventos

No events found

Musicalização para Bebês

Os Bebês e a Música

"As crianças irão reagir muito em breve aos estímulos... Elas vão aguardar, vão antecipar suas reações, sorrisos... Irão retribuir." - Janine Levy

Introdução

Pesquisas recentes dizem-nos o que sabíamos intuitivamente, que o desenvolvimento cognitivo, social e emocional começa desde o 1º dia de vida e desde o início nós podemos fazer muito para estimular este crescimento de uma forma natural e carinhosa, oferecendo aos bebês e aos pais, pequenas conquistas e descobertas que podem ser vividas e celebradas com entusiasmo na escola e no lar de cada criança.

Ciência

As conexões que os neurônios fazem entre si são chamadas de sinapses. Embora várias partes do cérebro se desenvolvam em velocidades diferentes, estudos mostram que o período de produção máxima das sinapses é do nascimento até os três anos de idade. Durante esse período os ramos receptivos das células nervosas, chamados dentritos, estão crescendo e podem se conectar a 10 mil outras. Os cientistas relatam que a estimulação que os bebês e as crianças pequenas recebem determinam o tipo de sinapses que são formadas no cérebro, isto é, que circuitos serão ligados entre si.

Quando uma conexão é usada repetidamente nos primeiros anos, torna-se permanente. Inversamente, uma conexão que não é usada nunca ou com freqüência insuficiente tem pouca probabilidade de sobreviver. Um exemplo: uma criança com quem raramente se conversa, ou para quem ninguém lê nos primeiros anos, pode ter dificuldade para dominar a linguagem mais tarde. Uma criança com quem raramente se brinca pode ter dificuldade de ajustamento social à medida que for crescendo. O cérebro do bebê floresce com os estímulos de seu meio ambiente. Constitui-se num órgão racional e emocional a partir das coisas que vivência. Os circuitos formados no cérebro influenciam o desenvolvimento da criança.

Caminhos

A melhor forma de desenvolver as conexões do cérebro de um bebê é proporcionar-lhes aquilo de que eles precisam, a começar por pessoas carinhosas e atentas cuidando deles, sejam os pais ou outras pessoas. Os bebês precisam de um ambiente que seja interessante explorar, seguro e com pessoas que respondam as suas necessidades emocionais e intelectuais, de gente que cante para eles, que os abrace, que converse com eles, que os embale, que leia pra eles – e não um brinquedo luminoso que acende e apaga na sua frente. Essas conexões cerebrais, não têm a intenção de acelerar o aprendizado futuro. Todas as brincadeiras, músicas, deste projeto desenvolvem a capacidade cerebral dos bebês, fazem parte das unidades básicas do aprendizado futuro.

Objetivos

A vivência musical vai além do entretenimento. Crianças que têm contato freqüente com estímulos musicais direcionados, desenvolvem habilidades no desenvolvimento auditivo, motor, cognitivo, social, da atenção, auto-estima, da memória, raciocínio lógico e abstrato, auto-confiança, além de ajudar a fortalecer a relação afetiva entre as pessoas, equilíbrio e inteligência emocional. Através da música, as crianças aprendem a conhecer-se a si próprias, aos outros e a vida e são mais capazes de desenvolver e sustentar a sua imaginação e criatividade.

Programa

A Artistas S/A há mais de dez anos pesquisa e desenvolve experiências de vivências lúdicas musicais em trabalhos destinados à bebês.

Trabalhamos com bebês a partir de 6 meses a 3 anos de idade. Cada aula tem a duração média de 40 minutos.

Nesse programa, pais, avós ou cuidadores do bebê participam das aulas juntamente com a criança. O cd com as músicas e jogos trabalhados em aula, são entregues aos pais, estendendo assim o processo de aprendizagem ao lar, fortalecendo o vínculo entre pais e filhos.

DMC Firewall is a Joomla Security extension!